Categorias
Histórias & Fábulas

A lua cheia

A lua cheia elevou-se gloriosamente sobre a cidade e todos os cães do sítio começaram a ladrar à lua.

Só um cão não ladrou, e disse aos outros, com voz grave:
— Não acordeis o silêncio do seu sono, não puxeis a lua para a terra com os vossos latidos.

Então todos os cães deixaram de ladrar e permaneceram em terrível silêncio.

Mas o cão que tinha falado continuou a ladrar, reclamando silêncio, durante toda a noite.

Khalil Gibran in “O Profeta”